Sempre Solteiro | Sexo antes do casamento?

8 de jul de 2011

às 04:40



Sexo antes do casamento?

Se não atrasar a cerimônia... ta valendo!

Ta, a piada é velha mas é boa. Tipo a Paula Toller.

Atendendo a sugestão de uma amiga do blog Comum de dois (comumde2.wordpress.com), vou falar de um dos alicerces de um bom casamento: o sexo.

E, pra ser sincero, nesse assunto eu tenho muito mais dúvidas do que certezas. Tudo que sei é que nada sei. Mas to aprendendo, com calma, pra não parecer um macaquinho treinado.

Então, mais uma vez, vou recorrer aos amigos comentaristas. Vou levantar idéias aqui, e vocês confirmem, critiquem ou ridicularizem nos comentários.

Ok, chega de preliminares, vamos logo aos finalmente. Opa, cuidado. Não da pra pular as preliminares. Certo?

A grande verdade é que não existe casal sem sexo. Não me venham com hipocrisia. E daí vem o ponto que eu queria questionar aqui. Como casais estáveis (namorados há anos, noivos, casados) veem o sexo?

Explico. Pra mim, solteiro, uma das coisas mais legais do sexo é a conquista. É o desafio. Todo homem sabe a sensação de vitória que é a derrubada da calcinha. Sim, porque esse é o grande muro, a grande barreira. Por mais que a coisa já esteja quente, as preliminares pegadas, a certeza da primeira transa só vem quando a calcinha da mulher já ta lá no tornozelo.

Ali, naquele milésimo de segundo, o poder é nosso. Ta tudo dominado. Alexandre, o Grande, vira um tampinha arruaceiro.

Mas e quando o cara casa? Claro que o amor, o carinho e a cumplicidade fazem toda a diferença. Quanto mais o casal se conhece, o sexo é mais natural e o prazer aumenta exponencialmente. Acredito nessas coisas, mas me questiono sobre o outro lado: Como manter essa ânsia da conquista? Haja criatividade!

Acredito que o sexo do casal se divida em 3. Antes do casamento, depois do casamento e depois dos filhos. Cada um com suas características peculiares. Antes, é tesão, energia, conquista. Depois, é cumplicidade, afeto. E, com os filhos, admiração. Nenhuma mulher é mais importante que a mãe dos meus filhos (sem falar nas dificuldades de agenda. Sim né, porque com criança pequena deve ser complicado).

Outro ponto: Noite de núpcias e Lua de Mel. To cansado de ouvir gente dizendo que só dorme na noite de núpcias, de tão cansados. E que a lua de mel é só mais uma viagem. O que fazer pra inovar? Porque né, vamos combinar: ninguém mais casa virgem. Só o Kaká. Os casais já se conhecem muito bem, não há novidades. O que fazer pra apimentar? Acho que umas 2 semanas sem sexo antes do casamento pode ser uma boa idéia. Aumentar a vontade! E vocês, o que acham?

Divirtam-se nos comentários!

 

Compartilhe: Tweet This ! Share On Facebook !
Curta:

11 comentários:

  1. Como sempre! PARABÉNS!
    A tua coluna é ótima!
    Fico rindo horrores aqui!!

    ResponderExcluir
  2. É, acho tb que o sexo do casal após nascimento dos filhos deve ser complicado, acho que vou "terceirizar" a criação das crianças...hahahaha

    ResponderExcluir
  3. Bom, esse assunto é meio complicado mesmo, mas creio que tenho propriedade o suficiente pra falar, já que fui casada durante 8 anos.
    Nesse 1 ano e pouco de solterice, percebo o quanto era bom ser casada, ter um chamego a hora e o lugar que eu desejasse. Não que a sensação de ser paquerada e disputada não seja boa, mas nada se compara a uma relação com uma pessoa que já te conheça, e ainda por cima, te ame. Você não precisa ficar ensinando "faz assim, faz assado, não faz isso". A pessoa já tá pronta, já sabe o que fazer, e as coisas só vão evoluindo (e há muito o que evoluir). Percebo o sexo como um jardim, com a mesma pessoa, você só faz seu jardim crescer, florescer, ficar mais bonito, maior. Cada vez que o parceiro é novo, esse jardim começa do zero e a plantação começa tudo de novo. Haja saco.
    Concluindo, mulheres não precisam de homens que as toquem, mas de homens que as sintam. E quanto mais mais perdurar a relação, mais intensas serão os sentidos e as sensações.

    ResponderExcluir
  4. Sexo depois do nascimento do filho é parecido com aquele sexo das antigas, na casa dos pais da namorada adolescente.
    Tu fica o tempo todo torcendo para que ninguém acorde...

    ResponderExcluir
  5. Claudia Saueressig8 de julho de 2011 08:37

    Esqueceu de falar do sexo após 20 anos de casado!!!
    Os filhos já cresceram .................e a gente volta a namorar!!!
    É tudo de bom!! Novas conquistas....., novas preliminares....... tudo sem correrias .... Tu vai chegar lá!!!
    Bjks
    Claudia Saueressig

    ResponderExcluir
  6. Só não condordei com o "Lua de mel é só mais uma viagem"...Concordo que na noite de núpcias realmente, falando por mim e por algumas amigas q já comentaram, não se faz nada!! No meu caso bebi e dancei horrores, cheguei da festa pooodre, mas a lua de mel serve pra isso..Fazer oq nao se fez na noite de nupcias...hehehe...E na lua de mel é melhor pq são vários dias, ou seja, todo dia pode ser diferente durante a lua de mel. E confesso que tenho medo do momento pós filhos...Deve ser muito dificil conseguir lidar com essa fase de sexo pós nacimento dos filhos...Pior ainda deve ser a fase dos primeiros meses com o filho! Muito boa a coluna de hj!!

    ResponderExcluir
  7. Nilton, por mais que falem que a noite é de nupcias, me desculpe, mas com toda a adrenalina e a bebida da festa, sem condicoes de ter uma noite de amor. Talvez reste sexo mesmo!!!
    Eu e o Aly tentamos, mas sem condicoes de seguir adiante!!
    Hahahahah

    ResponderExcluir
  8. Janaína Galimberti Stange8 de julho de 2011 17:13

    Na minha opinião, sexo é o combustível do casamento. No meu caso conheci meu marido e casei em menos de um ano. A noite de núpcias foi um presente de um colega: Hotel MARAVILHOSO, com direito a champagne, morangos e lingerie de noivinha! SIM! Um presente mais que especial de uma amiga! Assim, penso que a noite de núpcias pode ser o que a gente quiser! Cansaço? Bebedeira? Isso também acontece na balada, e a gente curte igual!

    ResponderExcluir
  9. Assunto polêmico, por isso essa semana teve menos comentários. Pessoal tem receio de falar disso e tal.

    Mas tudo depende da química dos dois. Ah, mas se não tivesse química eles nem estavam vasando, alguém poderia dizer. Verdade. Mas depende da DURAÇÃO e da CONSISTÊNCIA da química.

    Algumas são tão fortes que são (quase) eternas, e resistem à rotina, filhos, etc. Outras não, se desgastam com o tempo ou tem mesmo um "prazo de validade". E daí a coisa fica mais difícil, tentar "correr atrás da máquina" ou seja lá o que for.

    Daí volto à minha primeira linha, de que o assunto é polêmico...

    ResponderExcluir
  10. O Assunto tem diversas opiniões e diversos olhares sobre ele.

    Eu como um cara casado, e com uma filha, posso falar um pouquinho, se por uma lado aquela sensação de "primeira vez" com a mulher n existe mais, o prazer que se alcance por se conhecerem é inigualável, ambos sabem exatamente os pontos fortes e fracos e isso faz com que seja muito melhor. E de quebra, saindo da rotina da pra ter essa sensação de "novidade". Só tem que saber manter.

    ResponderExcluir
  11. O noivo quase enfartou quando eu disse que dificilmente se tem sexo na noite de núpcias... Ele deu um grito e soltou: PRA QUE CASAR ENTÃO?!?!?
    Já viu que vou ter que me virar nos 30 no dia do casório hahahahahahaha !!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Sempre Noiva © Copyright 2012
Design por Delikka