Chá de Lingerie da Ana Paula

5 de ago de 2015

às 11:22


Quando eu recebi o e-mail da Ana Paula lembrei muito da minha fase de noiva.
Aquele vazio que vai dando quando a data vai chegando e a nossa vontade é querer curtir cada segundo.
Hoje ela nos conta como foi seu chá de lingerie:


Oi, Jô! Cá estou eu para compartilhar mais um momento desse caminho que me levará ao altar. Já está super pertinho e, no lugar da habitual ansiedade, estou querendo que passe tudo bem devagar, para eu poder curtir ao máximo todos os segundos... Estou também com medo da sensação de "acabou muito rápido!" que irei sentir (certamente) quando a festa acabar. Senti um pouco disso quando meu chá de lingerie acabou! 

Foi tudo preparado com muito carinho por mim, minha mãe, minhas madrinhas e tias, e compartilhado apenas com pessoas muito íntimas, com as quais eu me senti à vontade para conversar sobre tudo. Foi exatamente isso que sempre quis, pois acho que é a hora de compartilhar lembranças de momentos que realmente fizeram a diferença durante o tempo de infância, de adolescência e do período de namoro com o noivo. 
Queria um chá com visual bem romântico e delicado, que tivesse a minha cara. Como estou cuidando de cada detalhe do casamento, o chá foi feito mesmo na correria, e "meu super irmão e padrinho" - que tem uma empresa de comunicação visual -, apesar de não estar acostumado com este tipo de criação, fez tudo em menos de uma semana, produzindo uma identidade visual, rótulos para os esmaltes que dei como lembrança e rótulos para os potinhos com as pastinhas que servimos com torradinhas.
 Ele ainda me surpreendeu com as plaquinhas mais lindas que já vi para animar a galera. 
Minha tia, a melhor doceira que conheço, fez brigadeiros; minha cunhada - que é veterinária, mas atua como confeiteira oficial da família Alencastro, fez uma naked cake linda e deliciosa; minha mãe providenciou os salgados e a tradicional receita de chá de família, minha madrinha Lúcia cuidou do clericot; e eu do restante das bebidas geladas. 
Para a decoração, alugamos algumas poucas peças, usamos itens da família e produzimos os detalhes. Para as mesas, toalhas que fizemos em tecido estampado, vidros de suco de uva viraram vasinhos para as rosas e as porcelanas foram arrecadadas no acervo da minha mãe e da minha madrinha de batismo, que também cedeu o salão de festas do prédio em que mora.  
Além dos esmaltes, nos quais eu colei o rótulo e os lacinhos, comprei alguns brindes para fazer brincadeiras com as convidadas e presentear aquelas que tivessem algo peculiar na bolsa, botons personalizados para madrinhas, daminhas, noiva, mãe da noiva e mãe do noivo, e fiz as tiarinhas com véu que usamos em algumas das fotos.
Tudo aconteceu na  cidade de Guaíba, no dia 01 de agosto de 2015, em uma tarde quente e ensolarada, com uma vista incrível para o Lago/Rio. 
Como tudo foi muito rápido, acabei não contratando fotógrafo, mas o registro foi feito com muito amor pela família e por amigas. Amei o momento e ainda renovei as lingeries para a lua de mel! 












Quer mostrar seu chá de lingerie aqui no blog? Mande e-mail para contato@semprenoiva.com.br

Compartilhe: Tweet This ! Share On Facebook !
Curta:

0 comentários:


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Sempre Noiva © Copyright 2012
Design por Delikka