Sempre Juntos | Mazen + Juliana | Casamento Muçulmano

11 de ago de 2015

às 08:00

Eu nunca tinha publicado um casamento Muçulmano.
Fiquei super feliz em receber o casamento da Juliana e do Mazen e fiquei louca pra saber mais sobre a organização desse dia.
O casamento estava lindo, a cerimônia aconteceu em uma passarela que cobria a piscina, e a noiva estava divina!
Mas eu queria saber como foi feito para conciliar as culturas sem desrespeitar ninguém? Como manter as tradições?

Para saber tudo isso, conversei com a Fernanda, da Life Eventos Especiais, que me contou como foi todo o processo:

"O principal desafio foi conciliar o estilo de festa dos árabes com o dos ocidentais, pois apesar de minoria, haviam muitos convidados não-muçulmanos. O desafio foi manter em equilíbrio para agradar a todos os convidados. E esse equilíbrio foi buscado desde a organização, durante a elaboração do projeto de decoração, na elaboração do cardápio, mesa de doces e etc. A cultura árabe é muito forte, mas tivemos o cuidado de não tornar exclusivamente uma festa árabe, pois poderíamos correr o risco de desagradas aos demais convidados.
 
Os noivos desejavam criar um festa prevalecendo o clima árabe, mas sem ser desconfortável ou cansativo para não-árabes. E, para isso, pensou-se numa dinâmica de evento que mantivesse o equilíbrio, tanto na decoração, quanto nas músicas, como na gastronomia.

 A cerimônia foi celebrada no Jardim do NH Hall. Logo após, os convidados foram recepcionados pelas famílias dos noivos no salão principal do NH Hall, enquanto os noivos fotografavam no jardim. A entrada dos noivos é uma tradição muçulmana, onde todos os homens da festa (convidados) saem do salão e vão à rua buscar o noivo; ao entrar no salão, dançam e celebram o noivo (essa dança durou cerca de 30 min), enquanto a noiva aguarda na rua. Após esse momento, as mulheres buscam a noiva na rua e dançam também. Depois do jantar, o cantor Palestino cantou durante 1h20min músicas típicas e todos dançaram; na sequencia, iniciou o DJ com músicas mais comerciais.

Houve o momento em que a família do noivo deu itens de ouro à noiva, um momento muito simbólico para os muçulmanos. E um momento muito emocionante, quando os noivos leram seus votos, um ao outro, levando muitos convidados às lágrimas.

Outro destaque que faço foi em relação às lembrancinhas. Foi dado a todos os convidados um misbaha, uma espécie de terço muçulmado, utilizado em oração. Também foi dado aos convidados lanternas árabes, nas cores vermelho, dourado e prata."

Vamos ver as imagens desse dia nas fotos feitas pelo queridão Franco Rossi:













































 

Compartilhe: Tweet This ! Share On Facebook !
Curta:

0 comentários:


Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Sempre Noiva © Copyright 2012
Design por Delikka