As Bodas da Dona Miguelina e Seu Adão

8 de out de 2015

às 08:00

O relato que compartilho com vocês hoje é daqueles que faz meu coração transbordar de alegria.
Não tive como conter as lágrimas lendo esse relato tão lindo da neta Quelen sobre a união dos seus avós Sempre Noivos!
Daquelas histórias que fazem a gente acreditar no amor, na honestidade, nos valores e na família.
Histórias que devíamos ler sempre pra recordar.

Quelen, obrigada por compartilhar comigo um pouco sobre a Dona Miguelina e seu Adão.
Que Deus proteja e traga pra eles muitas alegrias.


"Olá Jô, tudo bem?
Hoje meu contato é para dividir com você a história de casamento dos meus avós, bodas de 59 anos. Tenho acompanhando o Blog e não tenho visto muitos registros desse tipo. A gente fala tanto em casamento e a constante comemoração dele, você inclusive tem sido um exemplo levantado essa bandeira, que acabei me empolgando em escrever para você e fazer mais uma homenagem aos meus avós que amo muito.
Bom, verás que os registros são muito simples, foi uma comemoração colaborativa, os filhos e netos se organizaram, em um tempo relâmpago. Sabe aquelas ideias que um fala, o outro gosta, o outro compra a ideia e outro puxa o barco e todos realizam juntos?
Nas bodas de 50 anos (Ouro) queríamos ter feito um festão, mas com o passar dos tempos a condição de saúde dos meus avós vai ficando debilitada e comemorações e festas acabam ficando em segundo plano, mas chegou um dia que combinamos que não dava mais para prorrogar, que eles mereciam ver toda a família reunida e celebrar os seus 59 anos de união. Casamento este que formou uma linda família, uma família com seus altos e baixos, com dificuldades e conquistas, mas isso nos fez uma família presente e unida. Sabe aqueles domingos que começa no almoço e se estende até o café da tarde com bolinhos de chuva da vó e com as músicas do vô?
Além de pessoas honestas, trabalhadoras, prestativas, carinhosas e amáveis, outras duas características muito marcantes sempre foram, a vó com seus quitutes deliciosos e o vô com seu talento musical, pandeiro, gaita, e algumas composições. Quando eu tiver meus netos é essa referência de avó que quero ser, e sei que serei muito amada e admirada pelos meus netos, pois é assim que sempre os vi, aquela cia. que a gente quer por perto.
Meus avós nesses anos todos nos ensinaram através de palavras e exemplos que o trabalho enobrece, que o amor apoia e conforta e que o respeito é algo que deve ser praticado sempre e com todas as pessoas. Também sempre foram muito parceiros, lembro das diversas festas que eu e meus primos íamos acompanhados com eles, nessa época frequentávamos muito as festas tradicionalistas em Centros de Tradições Gaúchas - CTGs.
Quanto a comemoração de 59 anos de casamento, definimos uma data, cada um ficou responsável por uma parte e através de um coquetel de final de tarde em um domingo, reunimos a família e até vizinhos e netos de coração que moram hoje longe e vieram matar a saudade e prestigiar a cerimônia celebrada por um padre (o mesmo que celebrou o casamento meu e do Pedro) que com sua maior bondade aceitou vir até o local para fazer uma bênção ao casal e às novas alianças.
Foi uma cerimônia simples em quesito material, mas com um grande amor! No dia seguinte, meu pai foi visita-los e chegou bem na hora em que recordavam o dia anterior e admiravam suas alianças novas, ainda curtiam todos os momentos vividos, assim como toda noiva e noivo, afinal teve uma mini missa de celebração, troca de alianças, brinde, bolo, fotos, e até beijo, sim eles são e serão "Sempre Noivos"!
Agora que eles já não podem sair tanto, cozinhar tanto, curtir as músicas com tanto vigor, a cia um do outro tem sido suas maiores riquezas, vendo os dois, que ainda existe saudade, ciúmes que os cuidados aumentaram (meu avô passou até a lavar louça para minha avó descansar, quem diria kkkk), percebo o quanto é importante casarmos com nossa alma gêmea, somente assim valerá a pena e é com ela que contaremos ao final da vida.
Por tudo o que descrevi, foi muito emocionante poder proporcionar aquele momento de união e comemoração em que eles se sentiram amados e eternizar ainda mais essa imagem de avós que tenho aqui em meu coração.

Beijinhos em você a na filhota!"















Compartilhe: Tweet This ! Share On Facebook !
Curta:

2 comentários:

  1. Jô, você não existe!
    Obrigada pelo carinho. Esse dia chuvoso e cinzento que está hoje em POA acabou de ficar colorido.
    Agora através do seu Blog poderemos ler e reler para recordar sempre!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  2. Emocionante! Como é bom ver o amor fortalecido ao longo dos anos!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Sempre Noiva © Copyright 2012
Design por Delikka